Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Qualidade da EaD: conceito 5 do MEC para o Curso de Ciências da Natureza (CEAD/UFPI)
Início do conteúdo da página

Qualidade da EaD: conceito 5 do MEC para o Curso de Ciências da Natureza (CEAD/UFPI)

  • Publicado: Quarta, 20 de Março de 2019, 12h45
  • Última atualização em Segunda, 25 de Março de 2019, 11h47

10

 

A Universidade Federal do Piauí (UFPI), seu Centro de Educação Aberta e a Distância (CEAD) e o sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) de forma geral , têm muito o que comemorar. No final de 2018, quatro cursos do CEAD, a saber: Letras Português, Letras Inglês, História e Geografia, receberam a visita de avaliadores do MEC e foram todos classificados como bons (Conceito dos Cursos 4), qualidade que poucos cursos de graduação do país apresentam. E, no período de 10 a 13 de março de 2019, foi a vez do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza, que obteve Conceito do Curso (CC) 5, (nota máxima, considerado assim como "muito bom").

Em um país onde as graduações EaD completam treze anos de muita luta e a resistência para mostrar sua qualidade, os índices de avaliação, principalmente os do INEP/MEC têm mostrado cada vez mais que as modalidades de ensino presencial e a distância são qualitativamente equivalentes.

Na Universidade Federal do Piauí, passa a ser um dos dois cursos de graduação com esse conceito (considerando bacharelados e licenciaturas, presenciais e a distância).

Conforme informações disponíveis no portal do e-MEC, considerando as Instituições de Ensino Superior públicas do Brasil, o curso passa a ser um dos 23 cursos, de todas as áreas de Licenciatura a Distância com Conceito 5.

 

2

Recepção aos avaliadores do MEC, na Reitoria

 

A equipe de avaliadores do MEC encontrou no Curso de Ciências da Natureza (CEAD/UFPI) uma equipe unida e preocupada com a sua qualidade, bem como alguns diferenciais em relação à EaD promovida pela UFPI, dentre eles:

                                           

1) Aulas ministradas pelos professores coordenadores de disciplina (doutores ou mestres), pelo menos um dia inteiro de encontro por disciplina; os tutores se encarregam do apoio logístico da turma no polo, do desenvolvimento de práticas extra e do acompanhamento do professor durante o encontro presencial);

 

3

Encontro presencial (aula teórica e prática)

 

2) Previamente, o professor recebe um vasto número de informações iniciais, incluindo a logística até o polo de apoio presencial (horários de ônibus, hotéis, pontos de alimentação), lista de livros da biblioteca setorial do polo, lista de equipamentos de laboratório do polo etc;

3) Tutores interagem entre Ciências da Natureza e Ciências Biológicas; em cada polo, além do tutor presencial da turma, há um tutor presencial de laboratório e um tutor presencial de Estágio/TCC/Repercurso; desta forma, o curso otimiza os recursos e a equipe;

 

4

Equipe da Coordenação do Curso, professores, alguns tutores e alunos que participaram da avaliação

 

4) Os tutores são capacitados semestralmente a respeito de funções acadêmicas para um melhor atendimento aos discentes, bem como com instruções de cada professor coordenador de disciplina, sobre como a mesma será conduzida e qual será o papel de cada agente; há ainda outros momentos de capacitação para os tutores de laboratório e de Estágio/TCC/Repercurso, de forma que exista um total atendimento às demandas;

 

5

Capacitação semestral de tutores

 

5) Curso preparatório para o TCC, que ocorre em 3 sábados consecutivos (dia inteiro), sendo: 1º sábado (pesquisa bibliográfica e referência sem plágio), 2º sábado (tabulação de dados; criação de gráficos com todos os elementos necessários; coerência na criação e apresentação de slides em público) e 3º sábado (criação de tabelas e quadros; como escrever os resultados e a discussão);

 

6

Preparação para o TCC

 

6) Os TCCs são apresentados na forma de slide ou banner e em seguida também em um evento científico (Mostra Científica) que ocorre no polo de apoio presencial, evento aberto à comunidade local;

 

7

Apresentação de TCC e Mostra Científica

 

7) Os discentes participam de pesquisas científicas não somente nos TCCs, mas nos editais de Iniciação Científica da UFPI, assim como no programa Semestral de Monitoria promovido pela UFPI;

8) Além da Avaliação Institucional anual e da Avaliação Docente semestral, realizada pelos discentes no SIGAA, o curso utiliza questionários anônimos para que alunos avaliem os tutores (Google Formulários) e também para que tutores avaliem professores;

 

8

Avaliação de tutores

 

Além disso, o Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), ferramenta de trabalho fundamental para a execução da EaD, tem sido constantemente atualizado pela Superintendência de Tecnologia (STI), de forma a atender as demandas da modalidade de ensino; essa estrutura tecnológica bem cuidada também tem pesado muito nas avaliações positivas do CEAD feitas pelo MEC.

Depois que o CEAD foi oficializado como Centro da UFPI, funcionando de forma autônoma e legal, em 2013, tem ocorrido uma constante melhoria na comunicação entre os diversos setores da instituição; há uma ótima relação com as Pró-Reitorias, em particular a PREG, a PRAD, a PROPLAN, bem como o STI e a inclusão da EaD nas políticas desenvolvidas pela UFPI. Desta forma, na UFPI, a EaD é tratada com uma atenção especial, fazendo jus ao peso atual dos alunos de graduação do CEAD, que respondem por cerca de 30% do total de alunos de graduação da instituição. Os recursos são executados de forma independente, para realização das atividades presenciais nos polos de apoio presencial.

Um outro fator que pesou a favor do curso foi que o mesmo passou por uma completa reformulação a partir do início de 2017, que durou até o final de 2018 (novo perfil do curso), para melhor se adequar às atuais políticas da educação, bem como conforme novas demandas da sociedade, destinando-se agora não mais somente ao Ensino Fundamental, mas também ao Ensino Médio. Essa readequação também se embasou nas inúmeras formas de avaliação executadas pelo curso, em que todos sugerem melhorias sempre. O Edital para o Vestibular EaD 2019 já está pronto, aguardando somente a liberação de recursos pelo governo federal.

Segundo a Direção do Centro CEAD, ( Gildásio Guedes, Diretor e Livia Nery, Vice Diretora) a equipe de Coordenação e docentes do Curso (Prof. Leomá Albuquerque Matos, Profª Maria da Conceição Prado de Oliveira; Prof. Cledinaldo Borges Leal e Prof. Eliesé Idalino Rodrigues), "o Conceito 5 recebido da avaliação pelo MEC é um grande incentivo e reconhecimento a tudo que toda a equipe do curso tem feito, com o objetivo de fazer uma educação superior de qualidade. Estamos no caminho certo, e ainda há muito o que ser feito".

 

9

Da esquerda para a direita: Gildásio Guedes, diretor do CEAD; Jéssica Maranhão, apoio logístico do curso de Ciências Biológicas; Lívia Nery, Vice-diretora do CEAD; Aline Alves, apoio logístico do curso de Ciências da Natureza e Leomá Matos, coordenador do curso de Ciências da Natureza.

registrado em:
Fim do conteúdo da página