Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > CEAD/UFPI é um dos organizadores da final de Campeonato Nacional de Xadrez
Início do conteúdo da página

CEAD/UFPI é um dos organizadores da final de Campeonato Nacional de Xadrez

  • Publicado: Terça, 20 de Setembro de 2022, 11h57
  • Última atualização em Terça, 20 de Setembro de 2022, 14h56

IMG 7982

Alunos do Curso de Especialização em Xadrez participaram do concurso e colaboraram com a programação

O Centro de Educação Aberta e a Distância da UFPI (CEAD/UFPI), por meio do Curso de Especialização em Ensino de Xadrez e Formação para o Mundo do Trabalho, participou da organização da final do Campeonato Brasileiro de Xadrez Rápido e Blitz. Estiveram no evento alunos da especialização, além de componentes das federações do Maranhão, Rio Grande do Norte e do Piauí. O torneio aconteceu nos dias 17 e 18 de setembro, no Blue Tree Towers Rio Poty Hotel, em Teresina.

Segundo o coordenador da Especialização em Ensino de Xadrez, Ahécio Brito, o curso tem grande importância no sentido de formar professores para atuarem na educação básica e o evento trouxe a oportunidade de os alunos da especialização interagirem nas atividades práticas relacionadas ao jogo. “O curso, com certeza, contribui para o desenvolvimento de habilidades inerentes ao mundo do trabalho. Em relação ao campeonato, é uma ótima oportunidade de incentivar a prática do xadrez em todo o estado do Piauí. Os alunos puderam participar tanto como jogadores, quanto nas equipes de organização e de arbitragem. Eles tiveram contato com as competições para também levar às escolas, descobrindo novos talentos”, pontuou o coordenador.

O presidente da Confederação Brasileira de Xadrez (CBX), Máximo Macêdo, explicou que a união entre o campeonato e participação dos alunos da especialização engrandece o processo e, consequentemente, o ensino nas escolas. “Estando aqui, pude interagir com o curso de capacitação. E isso é bastante importante, pois, pela primeira vez, foi realizado por uma universidade federal, marcando a história não só do Piauí, mas do Xadrez brasileiro. Então, a Universidade Federal do Piauí (UFPI) e a Federação Piauiense de Xadrez (FPIX) estão de parabéns por essa iniciativa. Ficamos muito felizes vendo tantos alunos aqui contribuindo e se capacitando para o mercado de trabalho. Viva o Xadrez!”, agradeceu Máximo.

A professora de Educação Física da Escola Municipal Santa Fé, em Teresina, Francy de Castro, é aluna da especialização e comenta que o curso veio em ótimo momento, pois o xadrez é uma ferramenta completa dentro da escola de ensino em tempo integral.  “O jogo é uma ferramenta completa. Principalmente dentro da escola de tempo integral, em razão de contribuir para a formação integral do aluno. Por isso, estando aqui, enriqueço o conhecimento na área e tenho uma melhor base para compartilhar com os meus alunos. Sou muito grata pela oportunidade de ampliar ainda mais a questão desafiadora de ensinar na forma pedagógica o xadrez educacional”, explicou.

A professora de Ensino Médio de São Paulo e aluna da especialização em Xadrez, Maria Rute da Luz, reforça o aprendizado contínuo e compartilhado entre alunos e professores. Ainda segundo Maria Rute, o jogo é uma ferramenta de auxílio à evolução interpessoal e também essencial para o desenvolvimento de habilidades na vida profissional. “Em São Paulo, nós temos um projeto chamado Xadrez Movimento Educativo. Então, quando eu soube da especialização ofertada, eu quis aprender um pouco mais e assim poder passar para os meus alunos. Sabe por quê? Pois o Xadrez, mais que um jogo, é uma arte que ajuda tanto os alunos quanto nós professores a conhecer pessoas, a respeitar o tempo do outro, a pensar antes de dar uma resposta. Faz com que o aluno evolua muito como ser humano, promovendo empatia a partir do momento que exige que tentemos pensar como o outro. Está sendo um curso maravilhoso”, finaliza a professora Maria Luz.

registrado em:
Fim do conteúdo da página